Este é o segredo de minha vida escondida no Carmelo: 

a vida de uma Carmelita é uma comunhão com Deus de manhã à noite. 

Se Ele não enchesse nossas celas e nossos claustros, como tudo seria vazio! 


(Sta. Elisabete da Trindade)

Um mosteiro contemplativo constitui um dom para a Igreja particular a que pertence... representa a própria intimidade de uma Igreja, o coração onde o Espírito geme e intercede continuamente pelas necessidades da comunidade inteira..." (Verbi Sponsa n°8)